Alunos de Apodi tem projetos selecionados para uma das maiores feiras científica do Brasil



A Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), na edição 2022, possui 2 projetos desenvolvidos por alunos da Escola Estadual Profº. Antônio Dantas, do município de Apodi-RN.


O projeto dos alunos Marcos Vinicius da Costa Pinto e José Eduardo Freitas Oliveira, que teve a orientação de Maria de Fátima Câmara Oliveira (Orientadora) e Suzana Maria Alves de Souza Reinaldo (Coorientadora), foi aprovado na categoria BIO - 205 Ecologia. Denominado: Cat-Food [Saiba Mais], tem como objetivo a Produção de uma Ração Caseira para gatos a partir do pedúnculo do caju, exoesqueleto do camarão, casca do ovo e sangue bovino.


Já o projeto Eco-Block [Saiba Mais] dos alunos Maria Paula de Freitas Mendonça e Lucas Lael de Oliveira Costa, orientados por Suzana Maria Alves de Souza Reinaldo (Orientadora) e Maria de Fátima Câmara Oliveira (Coorientadora), objetivou a criação de blocos drenantes sustentáveis, sendo selecionado na categoria ENG - 705 Civil.


Ambos os projetos são da Escola Estadual Professor Antônio Dantas, Apodi-RN; Um destaque é que, segundo relato da coordenadora da Feira de Ciência da 13º Direc, Profº. Drª. Eleneide Gurgel, a iniciativa de inscrição e participação partiu dos próprios alunos, junto à Frebace.


"Eles estão de parabéns pelo empenho, dedicação e iniciativa de irem além, ajustarem os projetos e encararem com muita coragem o desafio, sendo reconhecidos por mérito.", destacou Eleneide.



Sobre a Febrace

A Febrace é promovida pela Escola Politécnica da USP por meio do Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI – Epusp). Pioneiro em desenvolvimento de tecnologia no Brasil, o laboratório atua nos mais diversos segmentos, como microeletrônica, realidade virtual, saúde digital, tecnologia para a educação, entre outras áreas de pesquisa e desenvolvimento.


O objetivo da feira é buscar um movimento nacional de estímulo à cultura científica, à inovação e ao empreendedorismo na educação básica (fundamental, média e técnica), além de estimular novas vocações em Ciências e Engenharia, e induzir práticas pedagógicas inovadoras nas escolas. O estímulo a novas vocações é realizado por meio do desenvolvimento de projetos criativos, inovadores e significativos para os estudantes que o executam e para a sociedade.


A Febrace propicia também a aproximação entre escolas e universidades e a interação espontânea entre estudantes, professores, profissionais e cientistas, criando espaços para a troca de experiências, de novas oportunidades e de ampliação das fronteiras do conhecimento.

0 comentário