Câmara Municipal não concorda com o afastamento dos servidores públicos de Apodi



Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Apodi realizada nesta quinta-feira (28), o Presidente da Câmara, o vereador Júnior Souza (MDB), esclareceu que o afastamento dos servidores públicos 'aposentados' foi uma decisão exclusiva e unilateral do Prefeito Alan Silveira, também do MDB.


Em pronunciamento após a fala dos vereadores Alexandre Bevenuto (PT) e Júnior Carlos (PSB), o presidente informou que o Legislativo de Apodi 'não irá em momento algum se opor ao direito adquirido dos Servidores'.


O vereador, bem como o legislativo, reconhece que o posicionamento do atual prefeito sobre o assunto está equivocado e que é legal o mantimento desses profissionais trabalhando, como o SINTRAPMA já vem alertando.


Em sua fala Júnior Souza ainda disse que não houve consenso entre os poderes: "Em todos os momentos o Poder Legislativo sugeriu que se fizesse um estudo aprofundado sobre a vida funcional, caso a caso, e apresentasse esse relatório, para receber sugestões".



"Gostaria de informar a toda a população que essa é uma decisão unilateral do Poder Executivo. Exclusivamente do Poder Executivo.", destacou o Presidente da Câmara.


O Palácio Francisco Pinto segue em silêncio sobre o assunto.

0 comentário