Detran-RN realiza mutirão de exames médicos e psicológicos para beneficiários da CNH popular



O Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran) iniciou nesta quinta-feira (14) um mutirão para atender os beneficiados do programa CNH Popular, que tem a finalidade de conceder o documento de habilitação a pessoas carentes. O órgão montou estrutura especial para a realização dos exames médicos e psicológicos, com atendimento até sexta-feira (15), das 8h às 14h, na sede administrativa localizada no bairro Cidade da Esperança, em Natal.


Neste processo, os beneficiados realizam o exame médico oftalmológico e o exame psicológico de aptidão, além da captura das digitais e da imagem do cidadão e da digitalização dos documentos pessoais. Os aprovados serão direcionados ao Centro de Formação de Condutores (CFC) para que sejam iniciadas as aulas teóricas de aprendizagem para a condução de veículo automotor, de acordo com a categoria da CNH almejada pelo usuário.

"Montamos uma estrutura para atender todos os classificados no programa CNH Popular. Trouxemos duas clínicas médicas e seis clínicas psicológicas que vão atuar nos dois dias de atendimento", contou a coordenadora Médica e Psicológica do Detran, Ana Xavier. O coordenador de Habilitação do Detran, Jonas Godeiro, destacou que o plano é de até o mês de dezembro contar com os primeiros usuários habilitados por meio do programa CNH Popular. Todos os contemplados no programa CNH Popular têm a isenção dos pagamentos de taxas e das despesas referentes aos exames médico e psicológico, e cursos teórico e prático de direção veicular ministrados pelos CFCs credenciados no programa. O investimento realizado pelo governo do RN é de R$ 600 mil.

O programa CNH Popular abrange a primeira habilitação e mudança de categoria para quem já é habilitado, compreendendo 353 vagas, distribuídas da seguinte forma: 200 para Primeira Habilitação Categoria "A", 111 para Primeira Habilitação Categoria "B", 15 para Mudança de Categoria "C", 15 vagas para Mudança de Categoria "D" e 12 para Mudança de Categoria "E".


FONTE E TEXTO: G1 RN

0 comentário