Fogo no lixão: Apodi vive noite difícil e cobranças são feitas nas redes sociais



Um problema recorrente para os moradores de Apodi são os inúmeros incêndios ocorridos no Lixão Público localizado no município, na região da Chapada do Apodi. Neste domingo (12), a problemática agravou-se e causou transtornos aos moradores de diversos bairros da cidade. A fuligem e fumaça provocada pela queimada foi sentida em praticamente todos os lugares da cidade, gerando uma reclamação generalizada nas redes sociais. Um velho e diário problema dos moradores do bairro IPE, Bacurau 2 e Peque, no final da tarde e toda a noite desse domingo se alastrou aos demais bairros do município. Um clima seco e com uma vegetação propícia a incêndios, o fogo ocasionado no lixão logo foi percebido e visto em grande escala em cima da serra do Apodi. Em tempos de Pandemia respiratória, ter fuligem e fumaça limitando a respiração da população é algo inimaginável. Efeitos sentidos em todo o município. REPERCUSSÃO NA INTERNET Outro Ponto de destaque foram as inúmeras denúncias e provocações de internautas nas mais variadas redes sociais.

O pedido era unânime: "Algo precisa ser feito". Os olhares se voltaram para o Gestor da Cidade, Alan Silveira (MDB), que governa o município a quase 5 anos. Inclusive, Alan, chegou a ser alvo de charge, com pedido bem humorado de providências.

Além disso, dezenas de outras cobranças foram feitas também aos vereadores do município e demais autoridades ligadas ao setor. Em meio a revolta e pedidos, Apodi viveu mais um dia de intenso desgaste respiratório.

0 comentário