Obras do Campus da UERN em Apodi deverão ser retomadas nos próximos 2 anos



A reitora eleita da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) Cicília Maia concedeu uma entrevista ao Portal Outro Ponto na tarde desta sexta-feira (21). Um dos principais pontos abordados foi a retomada e conclusão das obras do campus da UERN no município de Apodi.


É importante destacar que todo o processo já está com quase 10 anos, desde a liberação da emenda e início das obras no terreno. A destinação da emenda foi realizada pelo deputado Fábio Faria, no ano de 2012, no qual foram destinados 4,3 milhões para a construção. A UERN, no entanto, só recebeu a primeira parcela da emenda em 2014, no valor de 1 milhão, menos de 25% do recurso que deveria ter sido liberado.


A Universidade solicitou o pagamento da seguinte parcela, mas somente em 2017 ela foi liberada, no valor de 1,7 milhão. O atraso no repasse dos recursos financeiros e demora na liberação das parcelas interferiram no cronograma das obras, que precisaram ser paralisadas. A empresa que havia assinado o contrato para a construção do campus desistiu de renovar o contrato, o que acarretou na abertura de um novo processo licitatório.


No atual momento, o processo de licitação ainda está em andamento. A reitora eleita da UERN, Cicília Maia, afirmou que pretende retomar as obras assim que o processo licitatório for concluído. Importante destacar que no último dia 27 de abril houve uma reunião da reitora em exercício Fátima Raquel, os vereadores do município de Apodi e também o prefeito da cidade, Alan Silveira.


Na entrevista concedida ao Portal Outro Ponto, Cicília Maia reforçou o compromisso com a população de retomar as obras nos próximos anos de sua gestão e solicitou o apoio do poder público do município, afim de somar forças. "Sabemos da importância dessa construção para a cidade de Apodi, tanto por fatores sociais mas também econômicos. Essa é uma batalha que será travada pela minha gestão e espero contar com o apoio da classe política de Apodi para somar forças nessa luta que é importante para todos", afirmou Cicília.

0 comentário