Vereadores realizam fiscalização no Abatedouro Público de Apodi


Suínos são abatidos em galpão aberto / Foto: Ari Oliveira

Na tarde desta última sexta-feira (05), os vereadores Gilvan Alves (RPB) e Alexandre Bevenuto (PT), presidente e membro, respectivamente, da Comissão de Meio Ambiente, Turismo e Patrimônio Histórico da Câmara Municipal de Apodi fizeram uma visita de fiscalização no Abatedouro Público Municipal.


Segundo os vereadores, após uma série de denúncias de possíveis irregularidades e serviços públicos parados no abatedouro, os edis resolveram fazer uma visita 'in loco' e ao chegarem, constataram vários problemas, batendo com as denúncias.


A comissão foi recepcionada pelo gerente do abatedouro, George Júnior, no qual acompanhou os vereadores, tirando dúvidas, apresentando os problemas, bem como, algumas formas de possíveis soluções.


"Agradeço a recepção de George Júnior e reafirmamos que estamos aqui para ajudar, pois temos um denominador em comum, que é buscar soluções para que o abatedouro funcione da melhor forma possível para Apodi", destacou o vereador Alexandre, sobre a visita.


Os Problemas Encontrados:

Insalubridade encontrada no local / Foto: Ari Oliveira

Das problemáticas apresentadas durante a visita, houveram algumas mais técnicas, bem como, algumas outras mais da questão logística e por falta de prioridade em novos investimentos no local. O Presidente da comissão, vereador Gilvan, destacou que "a Caldeira estar sem funcionar há mais de 6 anos, por falta de reparos na parte elétrica".


Outro problema gritante e que causou constrangimento da população nas redes sociais, após a exposição do problema pelos vereadores, é a forma insalubre do abate dos animais suínos e do local trabalho dos profissionais.


Além desses apontados, foi visto a falta de manutenção; EPI's; conserto dos equipamentos, como é o caso da serra elétrica; e falta uma ampliação e adequação as normas sanitárias sobre os serviços ali prestado.


Ao portal, os vereadores informaram que após deliberação da Comissão, será encaminhado um documento apresentando todas as problemáticas encontradas naquela unidade pública, assim como, formas de solucionar alguns dos problemas.


Outro Ponto da Discussão

Vereador Alexandre dialoga por solução / Foto: Ari Oliveira

A Comissão irá se reunir na próxima terça-feira (09), na Câmara Municipal, para deliberar e convencionar indicações e requerimentos ao Poder Público Municipal para solucionar um a um esses problemas constatados na visita.


Dezenas de famílias sobrevivem do trabalho fornecido naquele abatedouro, logo, não se pode ignorar ou naturalizar a forma como ali estar sendo tratado. Mas sim, buscar soluções plausíveis e urgentes para melhorar o serviço ali prestado.


Além quê, o Meio Ambiente esta sendo agredido, principalmente, segundo o vereador Alexandre, devido a falta de esgotamento e descarte regular da força séptica da unidade. Com isso, segundo o edil, de forma improvisada, o descarte ocorre a céu aberto, num mini rio de sague que no seu curso, ainda chega a Lagoa de Apodi.

0 comentário