Brasil celebra o dia 29 de janeiro, mas ainda é o país que mais mata Travestis e Transexuais

Atualizado: 29 de jan. de 2021



Por: Leonora Sales


29 de janeiro é uma data dedicada para celebrar e lembrar a toda a população brasileira sobre a existência e vivência das pessoas travestis e transexuais.


O Dia Nacional da Visibilidade de Transexuais e Travestis é celebrado no Brasil desde o ano de 2004, através da campanha "Travesti e respeito", que foi elaborada por lideranças históricas do movimento de Transexuais no país em parceria com o Programa Nacional de DST/AIDS do Ministério da Saúde.


A campanha marcou a história nacional por ter levado 27 Transexuais e Travestis aos salões do Congresso Nacional em Brasília.


Hoje, 17 anos após aquele dia histórico, o Brasil ainda é considerado o país que mais mata pessoas Transexuais e Travestis em todo o mundo. De acordo com um levantamento realizado pela Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), no início do ano passado, foram registrados 14 assassinatos de pessoas Transexuais no país. Números alarmantes e que acendem o alerta sobre as violências enfrentadas por essas pessoas e a ausência do Estado na garantia dos seus direitos.

0 comentário