Estado do RN apresenta queda nos casos de dengue, zica e chicungunya



O Rio Grande do Norte teve uma queda no registro dos casos de dengue tanto na última semana de julho quanto no comparativo dos primeiros sete meses deste ano com os de 2020. O mesmo acontece com os casos de chikungunya e zika.


É o que aponta o boletim epidemiológico das arboviroses, que foi divulgado nesta segunda-feira (16) pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). De acordo com a pasta, os casos da doença também vêm apresentando queda constante desde o início do mês de julho.

O boletim aponta que o número de casos prováveis de dengue na última semana foi de 56, mostrando uma tendência de queda, já que as semanas anteriores apresentaram 129, 139 e 185.

Ao todo, de janeiro a julho, o RN também apresentou queda em comparação ao mesmo período do ano passado. Neste ano, são 4.344 casos, sendo 709 casos confirmados, 1.553 descartados e 2.791 casos prováveis. A incidência é de 79,59 casos prováveis por 100 mil habitantes.

Em 2020, foram notificados 9.948 casos, sendo 2.420 confirmados, 4.477 descartados, e 5.471 casos prováveis - incidência de 156,01 casos prováveis por 100 mil habitantes. De acordo com a secretaria, o Rio Grande do Norte teve um óbito confirmado por dengue em 2021. Em 2020, foram quatro. A pasta indicou que a doença teve incidência em todo o estado, mas as maiores taxas foram nos municípios de Coronel Ezequiel, Santa Cruz e São Bento do Trairí. A maioria dos casos é em adultos a partir dos 20 anos de idade e do sexo feminino.


FONTE E TEXTO: G1 RN

0 comentário